Tag: psicologia

TORNE-SE AUTORIDADE NA PSICOLOGIA

Se você veio até aqui, significa que parou para pensar na sua atual situação como profissional da saúde mental e, provavelmente chegou à conclusão que é possível melhorar. De fato, é mais importante do que nunca se tornar uma autoridade na Psicologia. Você pode pensar que o mercado de trabalho está saturado, mas não se deixe enganar, tudo depende de como e o quanto você trabalha para ser um profissional reconhecido.  

 Os maiores especialistas de marketing digital do Brasil ensinam que a maior estratégia para ter sucesso na sua área de interesse é produzir muito conteúdo gratuito e informativo, que gere valor para seus potenciais clientes. Mas como ter condições de produzir tanta informação valorosa e não exaurir os assuntos? Bem, existem muitas formas de realizar esta façanha, abaixo vamos deixar algumas sugestões que podem ser úteis para você.

Concentre-se em uma área de tópico muito específica (nicho). 

Se você ainda não percebeu isso, terá um passeio emocional. Você deve encontrar um nicho direcionado e focado para se especializar. Você não limitará seu público, mas sim dará maior atenção a um público muito interessado. A Psicologia, por exemplo, é um segmento do mercado da saúde e, nichos podem ser: psicoterapia online, transtornos de ansiedade, desenvolvimento infantil, aprendizagem, etc.

Crie um blog

Veja bem, se você está lendo este artigo até aqui, significa que há relevância para você no que oferecemos. Portanto, ter um blog é essencial para o profissional que quiser ser uma autoridade, influenciar pessoas e consequentemente, atrair clientes. Você não precisa blogar diariamente, mas deve fornecer um conteúdo valioso que seja congruente com seus serviços e sua área de especialização. Blogar é um anúncio de página inteira para quem você é e o que promete. Use bem.

Escreva artigos de convidados para blogs de alto tráfego

Se o conteúdo do seu blog for bom, as postagens de seus convidados deverão ser melhores. Segmente blogs populares de alto tráfego em sua área de interesse e envie ao editor um artigo matador. Certifique-se de que trará tráfego para eles e para você. Eduque seu público, informe-o, facilite a ação e aprenda algo. O editor apreciará o conteúdo e vocês dois apreciarão o tráfego.

Escreva um livro ou e-book . 

A auto-publicação não é uma palavra ruim e a publicação de eBooks e livros Kindle pode ser lucrativa. Nós, por exemplo, temos o Guia Definitivo da Psicoterapia Online, onde explicamos detalhadamente como iniciar os atendimentos online e obter clientes na internet. Muitos profissionais já realizaram o download gratuito. Agora imagine se você é uma psicóloga que trabalha com crianças e adolescentes e decide escrever um e-book sobre o desenvolvimento humano até a adolescência, consequentemente você gera uma boa reputação (se seu material for de qualidade é claro).

Crie e execute seminários e / ou webinars

É semelhante ao falar ao vivo e, no entanto, é muito diferente. A realização de um seminário online ou de um webinar envolve a colocação de algum marketing sério e a promoção de energia. A vantagem é que você pode cobrar por seminários on-line, para que eles sejam uma maneira de promover e vender, ou apenas para gerar tráfego em seus perfis digitais. Além disso, você pode gravá-los mais facilmente e usá-los repetidamente.

Crie produtos de informação com base nos seus conhecimentos

Já existem vários produtos de informação que mencionei nesta lista; seminário, webinars, livros e ebooks. Não desperdice nada do seu conhecimento, transforme-o em artigos. Em seguida, combine os artigos em um livro. Pegue o livro e refaça-o para se tornar um seminário ou webinar. Concentre-se em uma área e faça uma live no instagram sobre isso. Se você estiver consultando no momento, inicie um editorial ou postagem no blog com uma revisão do seu dia. Converta suas experiências de clinica terapêutica em assuntos relevantes para seus seguidores.

Tornar-se uma autoridade, especialista ou influenciador está tudo sob seu controle. Concentre-se em onde você gasta mais tempo, dinheiro, esforço e habilidade e compartilhe de forma consistente e persistente. E lembre-se de decidir se você quer ganhar dinheiro ou ser famoso, porque os dois nem sempre andam juntos. Concentre-se nos seus objetivos de negócios e use essas dicas para aumentar sua influência e alcançá-los.

ÉTICA E A ATUAÇÃO NA INTERNET

Como o profissional de saúde mental deve oferecer seus serviços online?

O Código de Ética do Psicólogo distingue entre nossa vida profissional e nossa vida privada. A Internet oferece ampla oportunidade para refletir sobre o relacionamento entre o privado e o profissional, disponibilizando em domínio público o que costuma ser considerada conduta privada. Quando as informações passam do domínio privado para o público, há uma probabilidade maior de afetar as nossas vidas profissionais.

Com o objetivo de divulgar seus serviços, os profissionais de psicologia podem desenvolver sites, blogs ou criar páginas em redes sociais respeitando o que está previsto no Código de Ética Profissional do Psicólogo. O artigo 20 trata especificamente sobre a promoção de serviços e as determinações previstas que valem para todos os tipos e meios de divulgações, inclusive para as que são feitas pela internet.

Além disso, existe a resolução 11/2018 que trata detalhadamente sobre a atuação do profissional de saúde por meio de TIC’s. e você quiser saber mais pode também baixar gratuitamente nosso e-book “O guia definitivo sobre Psicoterapia online”

Na divulgação de seus serviços, o profissional não pode fazer referência a títulos e qualificações que não possua; divulgar qualificações, atividades e recursos relativos a técnicas e práticas que não estejam reconhecidas ou regulamentadas pela profissão; ou fazer previsões taxativas de resultados.

O Código de Ética orienta ainda quanto à necessidade de clara identificação do profissional, incluindo número de registro no Conselho. É de extrema importância que os profissionais tenham cuidado no uso de redes sociais, nunca utilizando imagens ou relatos de pacientes para promover seus serviços. Além disso, o valor do serviço não deve ser divulgado como forma de propaganda ou em promoções ou sorteios de serviços psicológicos.

Infelizmente vemos Psicólogos expondo um comportamento inadequado na atuação online, inclusive perdendo pacientes, por não estabelecer uma postura profissional ética e consequentemente defasando a credibilidade diante de seus potenciais clientes.

Portanto é necessário que esteja claro ao psicólogo, que ele representa uma categoria de profissionais habilitados e que devem ser competentes para a realização de quaisquer atividades envolvendo esta área do conhecimento.

Lidamos com seres humanos, precisamos ter em mente, sempre proporcionar a melhor experiência para os pacientes, sem jamais prejudicar nossa reputação.